Parna do Pau Brasil (BA)

A Costa do Descobrimento é considerada pela UNESCO uma área de grande interesse para a humanidade por conter diferentes atributos de valor universal excepcional, como a representatividade cultural e os habitats naturais para conservação in situ da diversidade biológica. Esta região é um importante centro de endemismos da Mata Atlântica e abriga muitas espécies ameaçadas de extinção, o que a faz das Unidades de Conservação da Costa do Descobrimento um dos Corredores de Biodiversidade do Brasil: o Corredor Central da Mata Atlântica.

O Parque Nacional (Parna) do Pau Brasil, criado em 1999 e aberto ao turismo em 2016, protege legalmente um dos mais importantes remanescentes florestais da Mata Atlântica do sul da Bahia em seus mais de 19 mil hectares. Além disto, é um dos maiores berçários naturais do pau-brasil (Paubrasilia echinata), característica que conferiu o nome da Unidade de Conservação.  O Parna do Pau Brasil abriga alta biodiversidade e muitas plantas e animais ameaçados de extinção e endêmicos da Mata Atlântica do sul da Bahia.

Dixiphia-pipra_Rio-Capitão_24-07-2017-6

Sua entrada principal está a menos de uma hora do Aeroporto Internacional de Porto Seguro, sentido Trancoso. Os atrativos são muito bem sinalizados, com totens de madeira indicando os nomes, direção e distância e acessados apenas por bicicleta ou carros 4×4.

O Parna do Pau Brasil possui uma lista com 202 espécies de aves, e as destaque são: chauá, tiriba-grande, balança-rabo-canela, araponga, anambé-de-asa-branca e o encantador crejoá.